Fique por dentro

Dra. Lídia Longhinotti participou da 18ª Conferência Mundial de Câncer de Pulmão.

Recentemente, a Dra. Lídia Longhinotti participou da 18ª Conferência Mundial de Câncer de Pulmão, importante evento da área realizado no Japão, e compartilha conosco boas notícias para a luta contra o câncer. Acompanhe:
 
“A 18ª Conferência Mundial de Câncer de Pulmão, realizada em outubro deste ano em Yokohama, no Japão, abordou sobre os avanços no diagnóstico, tratamento e prevenção do câncer de pulmão.
A análise do tipo de câncer de pulmão através de testes moleculares realizados no sangue, chamado de biópsia líquida, ou através da biópsia do tumor permite identificar qual é o subtipo de câncer de pulmão e personalizar o tratamento. Os tratamentos para os pacientes com mutação EGFR e ALK, chamados de terapia-alvo, tiveram um grande avanço, com novas drogas que prolongam a sobrevida e provocam menos efeitos colaterais. A imunoterapia, um tratamento que estimula o sistema imune a combater o tumor, com menos efeitos colaterais, efetivo para vários tipos de tumores e com resposta duradora ao tratamento, foi comparada à descoberta da penicilina, que mudou a história da medicina.
Todos esses avanços no tratamento com terapia-alvo e imunoterapia podem controlar o câncer que, em muitos casos, pode se tornar uma doença crônica.” Por Dra. Lídia Longhinotti, Oncologista Clínica do Instituto de Oncologia Kaplan.
 
 
 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.