Fique por dentro

Diagnóstico precoce

doagnostico_precoceÉ comum ouvirmos pessoas dizerem que não fazem exames de rotina por medo de descobrir que têm câncer. Por meio de exames clínicos ou laboratoriais, em geral de realização rápida, os indivíduos são classificados em suspeitos ou não de serem portadores de câncer, são os chamados exames de rastreamento (screening).

Esses exames preventivos são realizados para detectar o câncer, mas a grande maioria das pessoas examinadas não apresenta a doença. Exames de rotina são importantes e, geralmente, trazem um grande alívio para as pessoas, principalmente para aquelas de alto risco para o desenvolvimento de câncer.

Quanto antes qualquer doença seja identificada, principalmente doenças que põem em risco a vida das pessoas, maiores são as chances e as oportunidades de cura e de sobrevida, com uma qualidade de vida melhor. Convém lembrar que o câncer não pára de se desenvolver só porque você não sabe ou finge não saber que ele existe.

A maioria dos exames preventivos não diz se você tem câncer ou não. O que eles fazem é indicar condições anormais, que podem ser causadas pelo câncer ou ainda que podem ser precursoras do câncer. Por esse motivo são chamados preventivos. O intuito é prevenir o desenvolvimento da doença e garantir as boas condições físicas e emocionais do paciente para o início do tratamento. Tudo o que desconhecemos costuma assustar muito mais do que aquilo que já nos é familiar.

Mesmo um exame de prevenção de câncer bem realizado que tenha um resultado positivo pede, obrigatoriamente, uma investigação mais detalhada e completa. Exames adicionais podem ser realizados para encontrar a causa do resultado positivo e confirmar se o câncer está mesmo presente.

Fonte: Oncoguia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.