Todas postagens em Prevenção

Risco de desidratação no inverno é maior.

Nos dias quentes, sempre nos preocupamos em tomar bastante água e outros líquidos saudáveis para nos mantermos bem hidratados. Porém, esquecemos que no inverno devemos ter a mesma preocupação com a quantidade de água em nosso corpo. Sentimos menos sede em dias frios, e isso pode aumentar os riscos de desidratação – mesmo suando menos – em comparação com o verão.
 
Porém, é preciso dar atenção igual para a hidratação tanto no inverno quanto no verão, e a ingestão de água pode chegar a até 8 litros diários para quem exige muito de seu condicionamento físico. Importante observar alguns sinais do corpo, pois quando desidratados, sentimos dor de cabeça, boca seca, sonolência, e ainda mostramos irritabilidade, problemas na pele, intestino preguiçoso, febre e ausência de suor em casos mais graves. Além disso, observar a cor da urina também ajuda a diagnosticar a desidratação: quanto mais transparente ela for, mais hidratado você está.
 
Continue lendo

31/05: Dia Mundial de Combate ao Tabagismo

A data de hoje serve para relembrarmos os os benefícios que você terá, em pouco tempo, ao parar de fumar. Vale a pena se esforçar para ter uma vida mais saudável. Confira:

  • A pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal;
  • Não há mais nicotina circulando no sangue do ex-fumante;
  • O nível de oxigênio no sangue se normaliza;
  • Os pulmões já funcionam melhor;
  • O olfato já percebe melhor os cheiros e o paladar já degusta melhor a comida;
  • A respiração se torna mais fácil e a circulação melhora.
 (Ministério da Saúde)
Continue lendo

28 de maio: Dia Mundial de Luta pela Saúde da Mulher

A data de hoje representa duas lutas para a saúde feminina, o Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher e o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna. Ambas têm como objetivo chamar a atenção e conscientizar a sociedade dos diversos problemas de saúde e distúrbios comuns na vida das mulheres.
As mulheres já são maioria no Brasil. Segundo o último censo do IBGE, elas representam 51 % da população brasileira. Com o aumento da expectativa de vida delas, é ainda mais importante prestar atenção à saúde nas diferentes fases da vida. Por isso, é fundamental manter os exames preventivos sempre em dia e estar atenta aos sinais do corpo.

Continue lendo

One Day Diagnosis: diagnóstico expresso em mama.

O Instituto de Oncologia Kaplan oferece um serviço inovador, para o diagnóstico expresso em lesões de mama.

Se você possuir mais de 30 anos e perceber qualquer sintoma suspeito de câncer de mama, como um caroço, retração, saída de secreção com sangue pelo mamilo, por exemplo, ou se tiver feito algum exame que tenha suspeita de câncer, venha até o Instituto Kaplan. Em um esforço de obter o diagnóstico no menor tempo possível, diversos especialistas estarão trabalhando juntos para que você possa ter tranquilidade de um diagnóstico rápido e acurado, e sem perder tempo para iniciar o tratamento, caso seja necessário.

Oferecer excelência no diagnóstico e no tratamento é um compromisso do Instituto Kaplan!

Para mais informações, entre em contato: (51) 3333.7933

 

 

Continue lendo

É preciso manter a hidratação no inverno também.

Por causa das baixas temperaturas, é comum as pessoas “esquecerem” de tomar água durante o inverno. A vontade de matar a sede está mais ligada ao calor e às atividades físicas. Mas especialistas afirmam que não beber a quantidade de água certa durante o dia, mesmo no inverno, pode trazer problemas para a saúde.

Você pode nem saber, mas beber água ajuda a manter a beleza da pele, dos cabelos, das unhas e até evitar a celulite. Os médicos orientam a beber de 1,5 a 2 litros por dia. Essa quantidade, em média, é o gasto por uma pessoa adulta durante o dia, seja fazendo a digestão, no suor, na urina ou alguma outra atividade.

Lembrando que, no inverno, a pele fica mais seca e a tendência é colocar mais roupa para se proteger do frio e, com isso, a pessoa acaba transpirando mais. Uma dica importante é beber água de hora em hora, por volta de 180ml cada vez, e não apenas quando sentir sede.

Continue lendo

Câncer de Ovário: atenção aos sinais do corpo e diagnóstico precoce são fundamentais.

O Câncer de Ovário é um tipo de tumor conhecido como o “câncer silencioso”, isso porque na fase inicial, os sinais se assemelham a problemas de saúde corriqueiros e aparentemente “normais”, como perda de apetite, menstruação irregular, mudança nos hábitos intestinais, dores abdominais persistentes e complicações intestinais.

Grande parte das mulheres, porém, não reconhece a ligação entre tais sintomas e o câncer de ovário e, por isso, muitas são diagnosticadas em estágio avançado, o que dificulta as chances de cura e torna a doença altamente letal.

Se diagnosticado precocemente, o tumor do ovário pode ser retirado com cirurgia (sem que haja a necessidade de quimioterapia e radioterapia), mas, para que isso aconteça, a mulher deve estar atenta aos sintomas e, o mais importante, deve procurar o médico assim que notar que algo de diferente está acontecendo em seu corpo.

 Muitas vezes, os sintomas do câncer de ovário podem ser confundidos com outros problemas menos graves, como as enfermidades gastrointestinais. Tais sintomas poderão englobar:
  • Aumento do volume abdominal / inchaço contínuo (não é o inchaço casual).
  •  Dificuldade de comer / sensação de plenitude.
  •  Dor abdominal ou pélvica.
  •  Necessidade urgente e frequente de urinar.
 
Visite seu médico regularmente, principalmente se você tiver um ou mais desses sintomas por mais de três semanas. (Fonte: Oncoguia)
Continue lendo

08/05: Dia Mundial de Combate ao Câncer de Ovário.

O câncer de ovário pode ocorrer em qualquer faixa etária, mas acomete principalmente as mulheres acima de 40 anos, são tumores de crescimento lento com sintomas que levam algum tempo para se manifestarem.  Alguns sinais e sintomas podem sugerir que uma pessoa tenha câncer de ovário, mas será necessária a realização de exames complementares para confirmar o diagnóstico.

Durante a consulta o médico fará perguntas sobre seu histórico clínico e de seus familiares próximos. Ele também perguntará sobre possíveis fatores de risco e sintomas para avaliar se algo possa sugerir um câncer de ovário.

O exame físico fornece informações sobre sua saúde geral, possíveis sinais de câncer de ovário, e outros problemas de saúde. No exame pélvico, o médico procurará sentir algum aumento no ovário e sinais de líquido no abdome (ascite).

Se o exame ginecológico e outros exames sugerem que você possa ter câncer de ovário, será necessário consultar um médico especialista. Qualquer pessoa com suspeita de câncer de ovário deve consultar um oncologista para definir as condutas mais indicadas para o caso. (Fonte: Oncoguia)

Continue lendo

Quase 40% dos homens não fazem nenhum exame preventivo do câncer.

Segundo dados da pesquisa da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), quatro em cada dez brasileiros afirmam não realizar nenhum exame preventivo contra o câncer, o que indica a negligência da população masculina com a sua saúde. A pior situação ocorre em Roraima, onde 73% dos moradores do sexo masculino dizem não realizar nenhum exame preventivo, nem os mais simples.

O Dr. Volney Soares Lima, diretor da SBOC, explicou em reportagem para o site UOL, que todo homem deveria realizar, a partir dos 50 anos, uma colonoscopia – exame no interior do intestino grosso e da parte final do intestino delgado capaz de identificar e remover possíveis pólipos que podem evoluir para câncer colorretal – e o exame de toque retal – para detectar eventual tumor na próstata. Quanto mais cedo diagnosticado o câncer, maiores as chances de cura, sobrevida e qualidade de vida do paciente.

Você pode ler a matéria completa no link: http://bit.ly/2rhuX6w

Continue lendo

26/04: Dia Mundial de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial.

Segundo o Ministério da Saúde, a hipertensão arterial ou pressão alta, como é popularmente conhecida, é uma doença crônica que é determinada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Ela faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo.

A doença é um dos principais fatores de risco para a ocorrência do acidente vascular cerebral, enfarte, aneurisma arterial e insuficiência renal e cardíaca. Para evitar a pressão alta, é importante se atentar a ações de prevenção e a principal delas é ter hábitos saudáveis de vida: atividade física regular, 30 minutos de caminhada moderada por dia pelo menos cinco vezes por semana e uma alimentação saudável, especialmente com baixo teor de sódio, com pouca quantidade de sal. Ou seja, atividade física e sal são medidas tanto preventivas, quanto terapêuticas, de tratamento.
Continue lendo

Vida corrida e vida saudável: é possível conciliar.

Sabemos que o dia a dia é corrido para a maior parte das pessoas, porém, precisamos sempre lembrar da importância de cuidar tanto da saúde física, quanto da mental. E cuidar da saúde pode ser mais fácil do que se imagina, bastam algumas atitudes simples para se conseguir grandes mudanças.

  • Essas atitudes precisam estar presentes em nossa rotina, tais como:
  • Optar por alimentos frescos e naturais;
  • Tomar água (de 1,5 a 2 litros por dia);
  • Praticar alguma atividade física regularmente;
  • Reservar momentos para lazer e descanso.

Essas atitudes e o cuidado com a saúde devem acontecer desde a infância, para assim conquistar uma velhice saudável. De acordo com informações do Ministério da Saúde os novos parâmetros indicam 150 minutos de exercícios moderados por semana, para manter a saúde e o condicionamento físico. Esses exercícios podem ser em uma academia, ou uma volta de bicicleta e mesmo uma simples caminhada.

Além de práticas saudáveis e alimentação balanceada, controlar o tabagismo e reduzir o consumo de álcool são fundamentais para a boa saúde.

Continue lendo